terça-feira, 15 de novembro de 2016

Catálogo da Semana: Linha Opala/Caravan (1984)

Um dos automóveis mais carismáticos da história automobilísica nacional é o Opala. Vendeu muito bem, manteve-se em produção por vinte e quatro anos consecutivos (quatro anos a mais que o Chevette, dez a mais que o Monza) e lutou bravamente com outras opções do mercado (desde o Dodge Dart até o Alfa Romeo 2300, passando pelo Del Rey Ghia), oferecendo diversas opções (do esportivo SS6 até o luxuoso Diplomata).
 
Como já falei antes, em 1983 a fábrica da gravatinha dedicou suas maiores atenções ao Chevette, numa grande alteração do modelo de entrada da lista de preços; bem por isso, o Opala e a caravan não sofreram alterações de monta. Nada muito além das novas cores e padronagens de tecido, essas "novidades" tão frequentes em tempos de vacas magras...
 
Mas nem por isso a fábrica deixou de investir algumas centenas de cruzeiros para fazer um interessante catálogo da linha, o qual, disponibilizado pelo excelente Old Cars Manual Project, faço questão de compartilhar com vocês:
 


De se notar que a transmissão com cinco velocidades era disponível apenas aos motores de quatro cilindros.
A Caravan Comodoro, à época, era a versão mais completa. Caravan Diplomata só em 1986, para concorrer com a Quantum CD.
Na foto, a Caravan standard, mais básica da linha, mas com as rodas de aço "esportivas" opcionais.






 
Novidades, no sentido estilísitco, só em 1985, quando a linha Opala/Caravan recebeu uma atualização na frente e na traseira, mas essa é outra história...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço está sempre aberto para sua colaboração.
Os comentários são sempre bem-vindos.