sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Propaganda da Semana (Ford Corcel II 1977)

Muitos carros já nascem como modelo do ano seguinte. Poderia citar inúmeros casos, mas hoje preferi falar do Corcel II. Ele nasceu em Novembro de 1977, obviamente como modelo 1978, e prometia uma revolução na linha de entrada da Ford nacional.

Lançado em 1968, o Corcel já exibia um certo cansaço estético. É que os concorrentes dele eram mais modernos, com o desing mais atualizado (o Polara era de 1973 e o Passat de 1974, por exemplo), de modo que a Ford não perderia cliente para concorrência sem fazer nada. E logo tratou de arregaçar as mangas para criar um novo carro, o Corcel II.

Suas linhas retas estavam na moda daqueles tempos. O número de portas também - Corcel com quatro portas só até 1977, infelizmente. Com motores 1,4 e o 1,6, nas versões cupê e perua (a Pampa só seria lançada em 1982), o Corcel II chegou ao mundo com a missão de incrementar as vendas da Ford brasileira.

Reprodução do jornal O Estado, em uma de suas edições de Novembro de 1977.
Esse anúncio foi veiculado por um dos concessionários Ford da região, a Florisa (o outro era a Dipronal), e convidava os clientes para conhecer - e quem sabe comprar - o novo Corcel II. Tenho certeza de que a Koesa e a Amauri Veículos (revendas Volkswagen) e a Meyer Veículos (concessionário Chrysler) tiveram muita dor de cabeça nessa época...

O Corcel deu origem a uma variada linha, desde a picape Pampa até o Del Rey, que tinha uma proposta de luxo, passando pela perua Belina; e foi o carro de entrada da Ford até 1983, oportunidade em que o Escort veio ao mundo. Três anos depois o Corcel II pendurava as chuteiras, mas, obviamente, isso é prosa para outra oportunidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço está sempre aberto para sua colaboração.
Os comentários são sempre bem-vindos.